DestaqueEducação

Alunos da rede estadual conquistam medalhas de ouro e prata na Mostra Brasileira de Foguetes 2023

Ao todo, o Amazonas saiu da competição nacional com cinco prêmios, incluindo medalhas de ouro, de prata e menção honrosa

FOTOS: Divulgação/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto

Os alunos da rede pública de ensino do Amazonas foram premiados na 41ª Mostra Brasileira de Foguetes (MobFog) 2023, que aconteceu no Rio de Janeiro, de 14 a 17 de agosto. Ao todo, o Amazonas conquistou cinco prêmios – uma medalha de ouro, três de prata e uma menção honrosa.

O grande destaque ficou com a Escola Estadual Isaías Vasconcelos, de Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus), que foi a única unidade de ensino do interior a ir para a competição e trouxe a medalha de ouro do Amazonas. Das três medalhas de prata conquistadas, duas foram para o Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Dariana Corrêa Lopes, zona norte de Manaus; a terceira, além de uma menção, foi para a Escola Estadual Engº Artur Soares Amorim, também na zona norte da cidade.

A equipe da EE Isaías Vasconcelos, formada pelos estudantes Lidissa Gomes, Gabriela Passarinho e João Pedro Sampaio e pela professora Elcilane Maquiné, conquistou a medalha de ouro ao atingir a marca de 171 metros de altura no lançamento. A escola foi a única da rede a competir na modalidade de foguete por propulsão sólida.

A gestora da unidade de ensino, Francimary Macedo, explicou como a medalha é um reconhecimento do esforço de toda a equipe, que competiu, e um símbolo muito importante da educação de qualidade oferecida no interior do estado.

“O sentimento é de superação. É muito gratificante saber que os nossos esforços foram reconhecidos, que o tempo investido foi recompensado e que toda a dedicação da professora Elcilane e dos alunos Gabriela, Lidissa e João Pedro foram reconhecidos por meio dessa medalha. Essa medalha é um símbolo de que no interior do estado do Amazonas também se faz educação de qualidade e também se desenvolve ciência”, comemorou a gestora.

Outro destaque foi para o Ceti Dariana Corrêa, que saiu da competição com duas medalhas conquistadas pelas equipes Tupã, formada pelos alunos Jhansen de Araújo, Chrysthopher Rodrigues e Walmique Morais; e Iara formada pelos estudantes Sérgio Veiga e Wankerdan Filho. O professor responsável pelas duas equipes foi Breno da Silva. Quem também acompanhou as equipes foi a professora Aline Noronha.



Nelissandra Gurgel, gestora do Ceti, falou que o resultado é gratificante para a escola, que chega ao seu terceiro ano de funcionamento, e que o esforço dos estudantes e do professor motivou toda a unidade de ensino. Segundo a gestora, a escola receberá os alunos com muita festa e fará uma menção honrosa pelo excelente resultado do trabalho. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *