Roraima

Trio é preso com drogas, dinheiro e balança de precisão na Zona Oeste de Boa Vista

A Polícia Militar de Roraima prendeu três jovens com idades de 20, 20 e 22 anos suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Senador Hélio Campos, na zona Oeste de Boa Vista. Eles seguiram para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Policiais militares informaram que um dos suspeitos de 20 anos, que estava em frente a uma casa, ao avistar a guarnição, jogou uma sacola em cima do telhado e entrou correndo para o quintal da residência.

Com isso, a PM foi autorizada pela proprietária do imóvel a entrar no local e encontrar o jovem acompanhado de comparsa de mesma idade e o de 22 anos.

Com o jovem que tentou se esconder, os policiais encontraram um relógio, a quantia de R$ 481 e o grande pacote de skunk, a droga conhecida como supermaconha que ele tentou se desfazer.

Com o colega dele, de mesma idade, a PM localizou um celular e uma balança de precisão. Com o suspeito de 22 anos, os agentes acharam um celular, um cordão dourada e a quantia de R$ 215.

Segundo a PM, um dos suspeitos de 20 anos explicou que vendia o entorpecente e que passaria R$ 100 ao colega de mesma idade e ao comparsa de 22 pelo apoio na comercialização ilegal.

Ele também disse que o suspeito mais velho do trio seria quem buscaria a droga, no Centro de Boa Vista, na companhia de um rapaz conhecido como Neguin, em um veículo Gol prata.



Um dos acusados de 20 anos disse à PM que o colega de mesma idade é quem receberia R$ 500 pela venda de dois quilos de skunk, e que o entorpecente encontrado seria vendido na casa de sua avó e que o fornecedor teria o apelido de Playboy, responsável por deixar a quantia já vendida.

O trio recebeu voz de prisão após admitir o envolvimento com o crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *