DestaqueEconomia

Aleam autoriza Governo do Estado a contrair crédito junto ao Banco do Brasil 

 O valor do empréstimo, de R$ 220 milhões, será para investimentos em habitação, saneamento básico e infraestrutura 

FOTOS: Tiago Corrêa/UGPE

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira (1º/11), pedido de autorização para o Governo do Amazonas contrair crédito junto ao Banco do Brasil. O empréstimo, no valor de R$ 220 milhões, é para investimentos a serem realizados através do Programa Estadual de Habitação, Infraestrutura e Saneamento (Prohabis). 

O programa, gerenciado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb), vai atuar em áreas de fundamental importância, que são habitação, infraestrutura e saneamento. A maior parte dos recursos previstos visa à redução do déficit habitacional no Amazonas, conforme descrito na Mensagem Governamental encaminhada ao parlamento estadual.  

Na habitação, de acordo com o secretário da Sedurb, Marcellus Campêlo, serão aplicados R$ 150 milhões. Os recursos serão destinados ao programa Amazonas Meu Lar. Serão usados especificamente para o subsídio “Entrada do Meu Lar”, a fim de apoiar famílias de baixa renda que se enquadram nos critérios do programa, permitindo-lhes complementar o valor da entrada no financiamento de um imóvel. 

O Governo também vai investir em saneamento. Entre as ações previstas, está a ampliação do alcance do “Programa Água Boa”, no interior do Amazonas. “Vamos fazer também os primeiros pilotos de eliminação dos lixões nas cidades de Nhamundá e Novo Airão. Os pilotos servirão de base para implantação de um grande programa estadual de erradicação dos lixões”, destaca o secretário Marcellus Campêlo.  

O Prohabis vai destinar R$ 70 milhões para sistema de esgotamento sanitário, abastecimento de água, requalificação urbana e manejo de águas pluviais. Além disso, contempla gestão de resíduos sólidos e tratamento de esgoto, visando à saúde pública e à preservação do meio ambiente. 

O deputado estadual Adjuto Afonso (União Brasil) justificou a importância do empréstimo, que será usado para atender ao interesse coletivo da população do Amazonas. “A forma como o governador vai aplicar esse dinheiro vai favorecer as pessoas que precisam de habitação e de saneamento. Esse é mais um projeto do Governo do Estado que vai dar dignidade à população em situação de vulnerabilidade social, logo, aprovo e acredito no sucesso dele”, destacou. 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *