DestaqueEstiagem 2023

Governo do Amazonas entrega mais 1,3 mil cestas básicas para apoiar famílias em três Unidades de Conservação

Entregas vão beneficiar famílias nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Piagaçu-Purus, Uatumã e Madeira.

Fotos: Arthur Castro/Secom

Um total de 1.340 cestas básicas começou a ser entregue pelo Governo do Amazonas, nesta terça-feira (31/10), a moradores das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Piagaçu-Purus, Uatumã e Rio Madeira – Unidades de Conservação (UC) geridas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). Ao todo, 51 comunidades serão beneficiadas.

Na RDS Piagaçu-Purus, 402 cestas vão ser entregues para beneficiar 12 comunidades. Na RDS do Uatumã, serão 461 cestas distribuídas a famílias de 22 comunidades. Já a RDS Rio Madeira receberá 477 cestas para apoiar moradores de 17 comunidades. Segundo o secretário da Sema, Eduardo Taveira, as localidades encontram-se severamente afetadas pela estiagem.

“O papel principal da Sema é fazer a gestão das 42 UC. A Secretaria tem monitorado a situação de cada uma das comunidades e identificamos três Unidades de Conservação onde a situação está mais crítica. A mobilização do Governo do Estado é para que a gente possa atender e minimizar os impactos desta seca enquanto ela persistir, em especial nestas áreas mais profundas da Amazônia, com os nossos irmãos ribeirinhos, que nesse momento sentem um impacto muito grande e muito profundo dessa estiagem”, ressaltou o secretário da Sema, Eduardo Taveira.

O envio das doações teve início nesta tarde, por via fluvial e terrestre. Devido à distância e dificuldades de acesso às Unidades de Conservação, os alimentos devem chegar aos comunitários a partir da quinta-feira (02/11), com previsão de término até o dia 11 de novembro. 

Do total de cestas, 1.220 foram viabilizadas pela Defesa Civil do Amazonas, enquanto 120 foram doadas pela WWF-Brasil (sigla em inglês para World Wide Fund for Nature ou, na tradução, Fundo Mundial para a Natureza). A ação de entrega também tem o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Amazonas (Idam).

Com as novas entregas, chega a 1.640 o número de cestas básicas destinadas a Unidades de Conservação do Estado, com benefício direto para 58 comunidades. As doações anteriores também incluem frangos, garrafões de água, e kits de higiene pessoal.



“Essas cestas vêm beneficiar aquelas famílias que estão em vulnerabilidade. Por conta da seca, eles não conseguem se deslocar para a sede dos municípios para adquirir seu alimento, já que vários igarapés, lagos, e até o rio principal, estão com cessão nos meios de transporte”, ressaltou o gestor da RDS do Uatumã, Cristiano Gonçalves.

A Sema tem monitorado a situação da estiagem nas Unidades de Conservação Estaduais do Amazonas, junto à Defesa Civil do Amazonas e apoio de Organizações da Sociedade Civil (OSC). Um Grupo de Trabalho foi instituído, junto a outras instituições que apoiam a gestão de UC, para que o auxílio humanitário chegue também a outras comunidades isoladas em áreas protegidas sob gestão do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *