CulturaDestaque

Programa Mania de Ler apresenta histórias e lendas amazônicas para o público infantil

A atividade é aberta ao público e destinada para crianças de todas as idades

FOTOS: Divulgação / Secretaria de Cultura e Economia Criativa

O Programa Mania de Ler promove mais uma edição, desta vez com foco nas lendas amazônicas, apresentando às crianças histórias como o “Curupira”, a “Vitória Régia” e o “Boto Cor de Rosa”. O evento é gratuito e acontece no Largo de São Sebastião, domingo, às 17h.

O objetivo da iniciativa é trazer o hábito de leitura para as crianças de uma forma leve e divertida, visando cultivar a prática desde as primeiras fases da vida. A democratização da leitura também é um tópico trabalhado no projeto, que disponibiliza em todos os encontros a Biblioteca Volante, um veículo adaptado com um acervo de mais de 1.200 livros à disposição do público.

Nesta edição, o programa tem como convidada especial a escritora Adriana Barbosa, que irá interagir com as crianças e contar e ler histórias sobre as lendas amazônicas. Para Adriana, a iniciativa é essencial para despertar nas crianças o interesse pelos livros. 

“Eu estou sempre nesses momentos, contando ou lendo histórias amazônicas, interagindo com o público infantil. As crianças escutam atentas às histórias. É interessante que, ao final de cada contação ou leitura, elas buscam novas literaturas, querem ler outras historinhas”, afirma Adriana, que destaca a importância de ações como o Mania de ler.

“Seria tão bom se tivéssemos mais espaços como esses espalhados pela cidade. Muitos pais e mães não têm como adquirir um livro, porque custa caro, normalmente. Então, oportunizar momentos para ler, para contar, para ouvir aventuras é de grande relevância para incentivar as crianças para o hábito de ler e de forma prazerosa”, completou a escritora.

O Programa Mania de Ler é uma iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, com o objetivo de trazer cultura para a população manauara por intermédio da leitura.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *