DestaquePolítica

Caio André quer contratação urgente de profissionais para fiscalizar e combater queimadas

Manaus está vivendo dias de terror com essa fumaça’, disse o presidente da CMM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos), quer a contratação de forma urgente, de agentes temporários para a fiscalização das queimadas na capital e no interior do Amazonas. O parlamentar formalizou indicações ao Governo do Estado e à Prefeitura de Manaus, pedindo que as contratações sejam feitas.

A cidade amanheceu, mais uma vez, coberta por fumaça intensa e a qualidade do ar foi classificada como “péssima” e “perigosa” por sistemas de monitoramento.

“A cidade de Manaus está vivendo dias de terror com essa fumaça, prejudicando e muito a toda a população, trazendo mais doenças respiratórias. Isso é preocupante e estamos fazendo uma indicação à Prefeitura de Manaus e outra ao Governo do Estado, para que possam contratar, de forma temporária, mais fiscais para combater esses incêndios que estão alastrados não só na cidade de Manaus, mas principalmente na Região Metropolitana”, detalhou Caio André.

O Governo Federal autorizou o envio de agentes da Força Nacional de Segurança Pública para reforçar o combate às queimadas e incêndios florestais em municípios do sul do Amazonas. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (10/10).

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) divulgou portaria autorizando aulas remotas nesta quarta-feira, em razão das condições de qualidade do ar no Amazonas

Caio André destacou, ainda, que a técnica da coivara, adotada principalmente em municípios do interior para “limpar” terrenos, contribui para a cortina de fumaça que toma conta da cidade.



“Eu estive na cidade de Autazes e na rodovia Manoel Urbano (AM-070) e quase em todas as propriedades estão utilizando a coivara, queimando, trazendo essa poluição enorme. Precisamos de fiscalização para combater esses incêndios, que já estão trazendo problemas gravíssimos à saúde da nossa população”, acrescentou o presidente da CMM.

Qualidade do ar – De acordo com painel internacional de monitoramento World’s Air Polution, que reúne dados de sensores de diversas localidades do mundo, Manaus amanheceu como a segunda pior cidade do mundo para respirar. Conforme o aplicativo Selva, que mede os níveis de poluição do ar na capital, a qualidade do ar está comprometida em diversos pontos da cidade.

Manaus tem sofrido com a fumaça desde o mês de setembro. Combatentes do Ibama estiveram na capital na semana passada, mas os níveis de poluição seguem altos, com risco de prejuízos à saúde da população. Na manhã desta quarta-feira, conforme sistemas de monitoramento, os pontos mais críticos foram registrados nos bairros Compensa, Aparecida, Colônia Oliveira Machado e Morro da Liberdade.

Foto: Mauro Pereira – Dicom/CMM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *