DestaqueSaúde

FVS-RCP reforça vigilância em serviços de saúde no interior do Amazonas

Ações periódicas fortalecem suporte aos municípios

FOTOS: Divulgação/FVS-RCP  

Fortalecendo as ações de vigilância nos serviços de saúde no interior do Amazonas, a Fundação de Vigilância e Saúde do Amazonas – Dra Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado e Saúde do Amazonas (SES-AM), realiza visitas técnicas periódicas para dar suporte às secretarias municipais de saúde no controle de infecção, segurança do paciente e vigilância epidemiológica hospitalar, no interior do Amazonas. 

Até sexta-feira (25/08), as equipes da FVS-RCP, por meio da Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (CECISS); da Rede Estadual de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (REVEH); e do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), estiveram em Atalaia do Norte (a 1.138 quilômetros de Manaus), Benjamin Constant (a 1.121 quilômetros de Manaus) e Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus). 

De acordo com a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, a visita técnica faz parte da missão da FVS-RCP em atuar na sociedade em parceria com as coordenações técnicas municipais. “Na Vigilância em Saúde das unidades hospitalares, dentro de serviços de saúde, a Fundação oferece suporte técnico e educativo, visando a prevenção e o controle das infecções, bem como, promovendo educação permanente”, destaca a diretora. 

A coordenadora da Ceciss na FVS-RCP, Evelyn Campelo, ressalta que a vigilância hospitalar é um componente essencial e fundamental da prestação de cuidados de saúde em qualquer ambiente médico. “É importante alinhar e fortalecer as ações junto aos municípios, com objetivo de integrar as ações de vigilância no território, visando evitar danos evitáveis, como erros médicos, infecções e reações adversas a medicamentos”, disse.

Pela FVS-RCP, a equipe do REVEH objetiva apoiar as vigilâncias municipais na construção de estratégias de fortalecimento dos serviços de saúde, permitindo rastrear infecções relacionadas ao ambiente de saúde, auxiliando na identificação de áreas de risco e na implementação de medidas preventivas em cada município que recebeu as equipes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *