NacionalPolícia

Veja vídeo: “Eu sou bandido, eu vou te m4tar!”, diz motorista antes de m0rrer balead0 por instrutor de t1ro

Uma tragédia envolvendo uma briga no trânsito e ameaças chocantes abalou Belo Horizonte – Minas Gerais. Cleber Augusto Esteves, de 38 anos, foi morto a tiros no Anel Rodoviário da cidade na madrugada desta sexta-feira (25). O incidente teve início horas antes, após uma discussão em uma churrascaria na região da avenida Raja Gabaglia, envolvendo Cleber, sua namorada e um amigo que viria a se tornar o suspeito do crime.

LEIA TAMBÉM:

As circunstâncias que levaram ao assassinato de Cleber se tornaram ainda mais perturbadoras com a divulgação de um vídeo que mostrou o momento em que a vítima fez ameaças de morte enquanto dirigia. O vídeo, autenticado pela Polícia Militar (PM), foi gravado pelo instrutor de tiros, que viria a ser o suspeito do homicídio, e confirmou a sequência de eventos que culminou na tragédia.

O vídeo mostra Cleber em um SUV dirigido por sua namorada, fazendo gestos de ameaça com os dedos e proferindo ameaças chocantes. Ele diz: “Pode filmar. Eu sou bandido. Eu vou te matar”. O instrutor de tiros que estava filmando responde: “A partir de agora vocês estão vendo que é legítima defesa, né?”. Pouco tempo depois dessa gravação, Cleber deixou o SUV e pegou um Ford Fiesta. Foi nesse momento que ocorreu o fatal desfecho.

O assassinato aconteceu no km 541 do Anel Rodoviário, nas proximidades do bairro Bom Sucesso, na região oeste de Belo Horizonte. A vítima foi identificada como Cleber Augusto Esteves, enquanto o suspeito do crime, de 48 anos, é um atirador desportivo e caçador (CAC).

Segundo informações da Polícia Militar, a discussão entre Cleber e o suspeito começou na churrascaria, quando Cleber decidiu ir embora, deixando sua namorada no local com o amigo. A discussão evoluiu para uma luta física, e ambos foram expulsos do restaurante.

Mais tarde, a namorada de Cleber recebeu um vídeo em seu celular, enviado pelo suspeito. Nas imagens, Cleber faz ameaças contra o atirador esportivo. Durante esse intervalo, Cleber trocou de veículo, sendo encontrado morto em um Ford Fiesta, não no SUV branco visto nas filmagens.



O vídeo divulgado parece mostrar a vítima fazendo gestos de arma com as mãos e ameaçando o suspeito de morte. O instrutor de tiros então menciona a “legítima defesa” após as ameaças feitas por Cleber.

É importante destacar que Cleber Augusto Esteves tinha uma extensa ficha criminal, com pelo menos 15 passagens pela polícia, incluindo casos relacionados ao uso de drogas e quatro registros de ameaças. A investigação sobre o caso continua, e a polícia está trabalhando para esclarecer todos os detalhes dessa trágica sequência de eventos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *