DestaqueEconomia

Na Suframa, Governo do AM apresenta oportunidades de investimento para equipe técnica da Zona Franca angolana 

 Sedecti apresentou para a comitiva de Angola os incentivos estaduais, as potencialidades e as oportunidades de negócios da região 

FOTOS: Bruno Leão/Sedecti

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) apresentou, nesta terça-feira (22/08), na Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Distrito Industrial, as oportunidades de investimento no Amazonas para representantes da Zona Franca da Barra do Dande S/A, que está em processo final de construção na região de Bengo, em Angola, e utilizará o Polo Industrial de Manaus como benchmarking (análise estratégica) e aprendizado para a estruturação de sua operação.  

O chefe do Departamento de Atração de Investimentos e Comércio Exterior (Daice), vinculado a Sedecti, Sidnei Magalhães, explicou que o Estado apresentou para a comitiva de Angola os incentivos estaduais, as potencialidades e as oportunidades de negócios para os investidores interessados em apostar no Amazonas. 

“Estamos com a comitiva de Angola que está aqui para conhecer a Zona Franca e aprender mais sobre as iniciativas do Estado do Amazonas, além de tributação e todos os pilares que envolvem o nosso Polo Industrial de Manaus”, destacou Sidnei. 

O diretor de Desenvolvimento e Negócio da Zona Franca de Angola, Roque Saraiva, explicou que a comitiva está com um projeto que é instalar, em Angola, a primeira Zona Franca. Por isso, foi assinado, em abril deste ano, um Memorando de Entendimento com a Suframa que prevê a troca de experiências e aprendizado, como, por exemplo, as iniciativas do Governo do Amazonas. 

“Daquilo que a Sedecti apresentou foi muito interessante. Queremos, acima de tudo, aprender com aquilo que o Governo do Amazonas está fazendo para garantir que venham novos investidores. E aprender com o Estado para aplicar as experiências no nosso país está sendo muito produtivo para nós”, ressaltou Roque. 

Esteve na Suframa também a secretária-executiva adjunta da Sedecti, Tayana Rubim, além da gerente de Comércio e Exterior do Daice, Natalia Sagaydo. 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *