DestaqueEducação

Secretaria de Educação recebe prêmio nacional do Google pelos conteúdos produzidos via Centro de Mídias

Premiação do Youtube e Unesco reconheceu o trabalho educacional gratuito desenvolvido e publicado no canal do Cemeam

FOTOS: Divulgação/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar

O Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, foi um dos vencedores da primeira edição do “Prêmio YouTube Educação Digital”, na categoria “Parceiro da Educação Digital – Instituições Públicas”. A solenidade aconteceu na sede do Google Brasil, em São Paulo.

A premiação foi um reconhecimento a oferta dos conteúdos educacionais gratuitos publicados no canal do Cemeam, no YouTube, que foram avaliados por especialistas em educação, da equipe da plataforma no Brasil e da representação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura (Unesco). 

“Essa conquista só reafirma o compromisso do governador Wilson Lima e de todos os profissionais da educação, que não medem esforços para levar a educação de qualidade a todos os nossos estudantes. O nosso Centro de Mídias já alcançou mais de 350 mil alunos, desde a sua criação, e durante a pandemia foram 10 milhões de estudantes atendidos com o nosso Aula em Casa”, destacou a secretária de Estado de Educação e Desporto Escolar, Kuka Chaves, que recebeu a premiação em na sede do Google Brasil, em São Paulo.

A solenidade com a participação dos vencedores da primeira edição do “Prêmio YouTube Educação Digital” também marcou o lançamento do Relatório de Impacto do YouTube, em uma conversa com especialistas e criadores de conteúdo sobre o impacto econômico, social e cultural da Economia Criativa no Brasil.

História

Implantado em 2007, o Cemeam é fruto de investimento do Governo do Estado do Amazonas, que promove ensino presencial mediado por tecnologias para o Ensino Fundamental 2, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA), da rede estadual de ensino 



Ao longo dos 16 anos do Centro, mais de 350 mil alunos foram beneficiados pelo ensino mediado por tecnologias, que alcança 2 mil salas de aula em mais de 800 comunidades em todo o Amazonas. Durante a pandemia da Covid-19, o Cemeam exportou, por meio de Termos de Cooperação Técnica, sua tecnologia para 11 estados brasileiros e o Distrito Federal, beneficiando mais 10 milhões estudantes do país.  

Premiações 

Não é a primeira vez que o Cemeam tem o conteúdo valorizado e reconhecido pelo YouTube Brasil. Em 2021, o centro conquistou duas vezes, com o programa “Aula em Casa”, o “Prêmio Prata”, que consiste em placas de comemoração pela marca de 100 mil inscritos adquiridos no YouTube.

Entre as premiações já conquistadas pelo Cemeam durante toda sua história, estão também: Prêmio WISE – Qatar Foundation (2009); Prêmio ARede – A tecnologia na inclusão social (2009); Prêmio Learning & Performance Brasil (2013/14; 2016/17 e 2018/19); Prêmio International Quality Company (2018 e 2019); homenagem na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) (2022).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *