DestaquePolícia

Procurado por assalto à TV Lar, desafia Cícero Túlio e promete resistir à prisão

Amazonas – Na manhã desta sexta-feira (21), o delegado Cícero Túlio, titular do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP) no Amazonas, revelou detalhes sobre o assalto à loja da TV Lar, localizada no bairro Cidade de Deus. Durante uma coletiva de imprensa, o delegado informou que Rodrigo Freires da Silva Lira, um dos suspeitos envolvidos no assalto, enviou uma ousada mensagem à Polícia Civil, afirmando que não pretende se entregar e está disposto a resistir ao confronto.

LEIA TAMBÉM:

Rodrigo é acusado de participar do assalto, que ocorreu recentemente, e tornou-se alvo das autoridades após trocar mensagens com Elias Gabriel Pereira Ferreira, um dos suspeitos já presos.

Nas mensagens, Rodrigo fez referência ao suposto narcotraficante “Tio Patinhas”, alegando que não entregaria a arma à polícia, pois pertenceria ao bando do mencionado criminoso.

Além disso, ele deixou claro que não pretende se render e está disposto a enfrentar a polícia “no tudo ou nada”.

O delegado Cícero Túlio explicou que, com base na análise das mensagens, Rodrigo Lira seria o elo entre o narcotraficante “Tio Patinhas” e o restante da quadrilha envolvida no assalto à loja de eletroeletrônicos.

Segundo as investigações, o crime teria sido encomendado pelo narcotraficante com o objetivo de destinar os aparelhos roubados a pessoas ligadas ao tráfico de drogas.



Até o momento da coletiva, Elias Gabriel Pereira Ferreira e Fellipe Lira da Silva haviam sido presos por suposta participação no assalto, mas Rodrigo Lira e Guilherme Veloso Fragoso continuavam foragidos, sendo procurados pelas autoridades locais. Durante a operação que resultou na prisão de Elias e Fellipe, a polícia conseguiu recuperar 10 aparelhos celulares roubados e a motocicleta utilizada no dia do crime.

No entanto, o prejuízo total da loja foi estimado em R$ 25 mil. As autoridades reforçaram o apelo à população para colaborar com informações que possam levar à captura dos suspeitos ainda foragidos, enfatizando a importância da denúncia anônima para a segurança de todos. A polícia alertou que, se Rodrigo Lira resistir à prisão, a força necessária será usada para contê-lo.

A investigação continua em andamento, e a polícia espera que novas informações e provas possam levar ao desmantelamento completo da quadrilha envolvida no assalto à loja TV Lar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *