DestaqueSaúde

Saúde divulga monitoramento de evento de massa do IX Festisol em Tabatinga

Informe é divulgado nesta quarta-feira (1º/11)

Fotos: Júnior Santos/FVS-RCP

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), divulga, nesta quarta-feira (1º/11), o monitoramento de saúde de evento de massa do IX Festival Internacional de Tribos do Alto Solimões (IX Festisol), encerrado na terça-feira (30/10) em Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus).

O monitoramento de evento de massa na Vigilância em Saúde ocorre em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Tabatinga e inclui indicadores de eventos relacionados à saúde para subsidiar a implementação de medidas de saúde pública, incluindo a intervenção e atuação para proteção e promoção da saúde da população, prevenção e controle de riscos, agravos e doenças.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, reforça a importância da ação integrada entre os governos estadual e municipal no monitoramento de eventos de massa. “O monitoramento de eventos de grande proporção permite a identificação precoce e potenciais ameaças à saúde pública”, destaca.  

Conforme o informe consolidado, com dados das quatro noites de festival, de 27 a 30 de outubro, foram 39 notificações, sendo 26 moradores locais, 5 turistas internacionais, 4 trabalhadores do evento direto, 3 turistas nacionais e 1 trabalhador do evento indireto. A maioria das notificações foram da faixa etária de 15 a 24 anos (15), seguido de 25 a 34 anos (9), 1 a 14 anos (8), 35 a 44 anos (3), de 60 anos ou mais (3) e 45 a 59 anos (1).

Informe_-_Festisol_2023_-_31out2023_-_Consolidado_1Baixar

Os sinais e sintomas apresentados nas notificações mais comuns foram mal-estar (38%) e ferimento (31%). As principais hipóteses diagnósticas foram trauma (36%) e fadiga (36%). Foram realizados 396 testes rápidos para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s).



Também foram realizadas 13.998 ações de prevenção, sendo 11.816 preservativos masculinos distribuídos, 1.795 materiais educativos distribuídos e 387 orientações ao público. Especificamente sobre ações de vigilância sanitárias, foram 159 realizadas, sendo  89 para serviços de alimentação e 70 para comerciantes ambulantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *