DestaqueNacional

VEJA VÍDEO: Jovem fica entre a vida e a m0rte após lut4 clandestina no meio da praça

Brasil – Um jovem de 22 anos encontra-se em estado grave após sua participação em um torneio ilegal de luta, ocorrido na última segunda-feira (16) em uma praça pública de Mamanguape, na Paraíba.

LEIA TAMBÉM:

Imagens chocantes do evento clandestino circularam pelas redes sociais, revelando o momento em que o jovem foi atingido por um soco no rosto, caindo inconsciente no chão.

Ele foi socorrido às pressas e encaminhado ao Hospital Nossa Senhora do Rosário, mas devido à gravidade de seu estado, foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa na terça-feira (17), onde permanece em estado de coma devido a um traumatismo craniano.

As autoridades locais agiram prontamente para investigar o ocorrido, com a abertura de um inquérito policial pela Polícia Civil.

Até o momento, nenhuma prisão foi realizada, mas tanto os organizadores do torneio clandestino quanto o agressor do jovem já prestaram depoimentos às autoridades.

O delegado Sylvio Rabello, responsável pelo caso, afirmou que todos os envolvidos na competição ilegal serão indiciados por lesão corporal, e o caso permanece sob investigação.



No entanto, o desafio de identificar e punir os responsáveis por atos de violência em torneios ilegais é acentuado pela falta de fiscalização oficial desses eventos.

Torneios clandestinos, como o ocorrido em Mamanguape, frequentemente escapam da fiscalização das autoridades, tornando-se uma ameaça tanto para os participantes quanto para a sociedade em geral.

A falta de regulamentação e segurança em tais eventos aumenta o risco de lesões graves e até mesmo de fatalidades.

A Polícia Civil faz um apelo à população para denunciar torneios ilegais de luta, incentivando a colaboração de todos na identificação e punição dos envolvidos em atos de violência desse tipo.

Qualquer informação pode ser repassada pelo telefone de emergência 190.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *