CulturaDestaque

Festival Interativo de Música e Arquitetura faz homenagem ao Teatro Amazonas em concerto gratuito


A terceira edição do festival nacional abre a temporada em Manaus, nesta quinta-feira (05/10) 

FOTOS: TMarcio James/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Depois de homenagear diferentes monumentos arquitetônicos no estado do Rio de Janeiro e contemplar importantes palácios e museus Brasil, o Festival Interativo de Música e Arquitetura (Fima) dedica a terceira edição, a homenagear os teatros históricos brasileiros, promovendo uma convergência lúdica entre música e arquitetura em alguns dos mais importantes templos da arte e da cultura. 

A nova temporada se inicia nesta quinta-feira (05/10), às 20h, no Teatro Amazonas, com a renomada soprano Daniella Carvalho, sob a batuta do maestro Luiz Fernando Malheiro à frente da Amazonas Filarmônica. Participarão ainda o historiador Allan Diego Carneiro, a restauradora Judeth Costa e o arquiteto Marcos Cereto, que abordarão a história, memória e as riquezas arquitetônicas do centenário teatro. 

O festival tem o patrocínio do Instituto Cultural Vale por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet, além do apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. A entrada é gratuita. 

O curador e diretor artístico do Fima, Pablo Castellar, destaca que um dos principais objetivos do evento é estabelecer uma conexão afetiva do público com os patrimônios históricos. No caso desta edição, com os teatros brasileiros. 

“Edifícios que ao longo do tempo testemunharam importantes capítulos da trajetória artística do país. Através da música e da arquitetura, seremos transportados a diferentes momentos de nossa história, criando uma experiência multisensorial que unirá passado, presente e futuro. Uma jornada de reconhecimento e apreciação da rica tapeçaria que compõe a identidade cultural brasileira.” afirma Castellar, também idealizador do festival. 

Além de Amazonas, os eventos acontecerão, até março de 2024, nos estados do Rio de Janeiro, Paraíba, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, e Pernambuco, oferecendo concertos presenciais e virtuais, podcast, websérie, conteúdos interativos, aulas magnas e ações educativas para escolas.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *