CidadeDestaque

Wilson Lima destaca rigor do estado no combate às queimadas e reforço em ações para minimizar impacto da estiagem

Governador do Amazonas esteve no Centro de Monitoramento do Ipaam e atualizou as ações frente ao impacto da forte seca e do número de queimadas

FOTOS: Alex Pazuello / Secom

O governador Wilson Lima afirmou, nesta segunda-feira (2/10), que o Governo do Estado tem atuado com rigor diante da forte estiagem e, principalmente, no combate às queimadas ilegais, que já alcança R$ 17 milhões em multas nas regiões sul e metropolitana de Manaus, segundo o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). A declaração foi feita durante visita ao Centro de Monitoramento Ambiental e Áreas Protegidas do órgão estadual.

“Com relação a essa questão das queimadas, não tem outro jeito, quem estiver dentro da ilegalidade será punido. A gente já aplicou algo em torno de R$ 17 milhões em multas. A gente acompanha aqui em tempo real o que acontece principalmente no sul do Amazonas e aqui na região metropolitana“, afirmou Wilson Lima.

Na última sexta-feira (29/09), o governador Wilson Lima decretou situação de emergência no Amazonas devido à seca severa e instituiu o Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Situação de Emergência Ambiental para reforçar as estratégias do Governo do Amazonas para levar ajuda humanitária e outras ações às famílias.

Wilson Lima destacou que o Amazonas intensificou, com o apoio da Marinha do Brasil, as ações de combate aos focos de queimadas na região metropolitana de Manaus, com o auxílio de um helicóptero e equipamento “bambi bucket” capaz de despejar cerca de 300 litros de água em cada sobrevoo. Um outro helicóptero com o mesmo equipamento está vindo do Mato Grosso do Sul.

O governador anunciou o lançamento do aplicativo Cota Rio, desenvolvido pela Defesa Civil do Amazonas, para fazer um monitoramento contínuo dos níveis dos rios no estado, além de previsão do tempo e alertas emitidos pelo órgão. A ferramenta já está disponível para o sistema Android e opera de maneira off-line, com registros feitos em qualquer ponto, mesmo sem acesso à internet.

Participaram do encontro os secretários de Meio Ambiente, Eduardo Taveira; de Segurança Pública, cel. Vinícius Almeida; o secretário executivo de Defesa Civil do Amazonas, cel. Francisco Máximo; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, cel. Orleiso Muniz; e o diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Juliano Valente.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *