DestaqueEsporte

Herança de pai para filho: Programa Pelci une gerações no esporte

Apaixonado por futebol, aluno do Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), sonha ser jogador profissional

FOTOS: Mauro Neto/Sedel

A paixão pelo futebol é capaz de transcender gerações. Diego de Souza Gadelha, morador do Bairro São Raimundo, e seu filho Vitor Douglas Melo, são exemplos do amor pelo esporte. O jovem de 14 anos de idade que sonha ser jogador profissional é aluno do Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), no Estádio Ismael Benigno.

“Ficamos felizes em conhecer e fortalecer histórias que une gerações por meio do esporte, alunos, como Vitor Douglas, com certeza fazem parte de um legado que estamos trilhando, um novo cenário para os futuros atletas do Amazonas. Com o trabalho personificado do Programa Pelci, o governador Wilson Lima reforça o nosso compromisso em desenvolvermos políticas públicas de incentivo ao esporte amazonense”, destacou Jorge Oliveira, secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).

Diego de Souza, ex-jogador de futebol de base dos times do São Raimundo e Clipper, não apenas viveu sua paixão pelo futebol nos campos, mas também fez questão de compartilhar com seu filho. “Meu pai foi meu maior incentivador, agora estou passando para o meu filho. Espero que ele seja um homem de respeito, e quem sabe, ser jogador profissional”, disse Diego, pai do atleta do Pelci, Vitor Douglas.

O jovem atleta que treina no núcleo do Pelci, no estádio Ismael Benigno, demonstra determinação em seguir os passos de seu pai, seu maior fã. “Eu tenho um amor muito grande pelo futebol, sou muito feliz por treinar aqui no Pelci, onde tenho dado o meu máximo. Amo o apoio do meu pai que está sempre ao meu lado. Quero ser um jogador profissional e espero muito que dê certo”, compartilha o atleta do Pelci, Vitor Douglas.

“Eu acompanho todos os treinos do meu filho, passo dicas para ele, torço pelo seu crescimento e procuro incentivá-lo sempre. Se um dia ele chegar a ser jogador profissional, será minha maior felicidade e com certeza seria do meu pai também”, acrescenta Diego Douglas.

Sobre o Pelci



Coordenado pela Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), o Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci) tem desempenhado um papel fundamental em oferecer oportunidades para jovens talentos como Vitor Douglas. Mais de 10 mil atletas se beneficiam do Programa do Governo do Amazonas, que tem fomentado e potencializado o esporte no estado, em diferentes modalidades: futebol, futsal, vôlei (quadra e areia), basquete, handebol, jiu-jitsu e wrestling.

Atualmente, o Programa conta com 48 núcleos, sendo 21 na capital do estado e 27 no interior do Amazonas, localizados nos municípios de Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Humaitá, Codajás, Envira e Fonte Boa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *