Polícia

Sargento da Polícia Militar é brut4lmente assassinad0 pela própria esposa; saiba os motivos

Brasil – Na madrugada desta quarta-feira (26), o sargento da Polícia Militar Márcio Anderson Vinholte Silva, de 42 anos e integrante da banda de música da corporação, foi morto a facadas em sua residência no bairro Mapiri, em Santarém, oeste do Pará.

LEIA TAMBÉM:

A principal suspeita de cometer o crime é a sua esposa, Daniele Siqueira da Silva e Silva, de 37 anos, que foi presa em flagrante. De acordo com informações fornecidas pela polícia, vizinhos relataram que durante a discussão do casal foram ouvidos disparos de arma de fogo.

O sargento Vinholte foi socorrido por um vizinho às 03h30 e levado ao Hospital Municipal de Santarém (HMS), mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito às 04h30.

O sargento recebeu ao menos quatro golpes no peito, resultando em ferimentos graves. A tragédia parece ter sido um caso de violência doméstica, de acordo com informações preliminares.

Até o momento da atualização desta matéria, às 08h30, a defesa da suspeita não se manifestou. Durante a investigação, a Polícia Militar apreendeu uma pistola que foi encontrada na calçada da casa do casal.

Daniele Siqueira da Silva e Silva está prestando depoimento na 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil.



A morte do sargento Márcio Anderson Vinholte Silva é uma trágica ocorrência que choca a comunidade de Santarém e coloca em evidência a gravidade da violência doméstica.

As autoridades prosseguirão com a investigação para esclarecer os detalhes do ocorrido e levar o caso à justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *