DestaqueNacional

Flávio Bolsonaro diz que Lula tomou vacina escondido e critica: “petista é assim”

Petista foi imunizado 4 dias antes do início da campanha do SUS.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) disse nas redes sociais que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tomou vacina contra a dengue “escondido”. Flávio se refere ao fato de o petista, de 78 anos, ter sido imunizado em 5 de fevereiro, 4 dias antes do início da campanha do SUS.

Em sua publicação, o senador insinuou que Lula teria agido de forma oportunista, colocando seus interesses pessoais acima dos interesses da população brasileira.

“Tomou vacina escondido porque petista é assim: dane-se o povo brasileiro, o que interessa sou eu e meus ‘cumpanheiros!’. E eu aposto que não foi só ele”, escreveu o senador do PL em seus perfis nas redes sociais.

Os dados foram divulgados pelo jornal Folha de S.Paulo que obteve a informação via Lei de Acesso à Informação. De acordo com os dados enviados pelo governo federal ao jornal, Lula tomou a 1ª dose da vacina contra a dengue em 5 de fevereiro, e a 2ª, em 6 de maio.

A vacinação de Lula contra a dengue antes do início da campanha oficial gerou controvérsias e debates acalorados nas redes sociais e na esfera política. Enquanto alguns apoiadores do ex-presidente defenderam sua atitude, argumentando que a vacinação precoce era uma medida preventiva válida, outros criticaram a ação, alegando que ela poderia ter sido interpretada como um ato de privilégio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *