DestaqueNacional

Professor é investigado por enviar vídeos se masturbando a aluno em SC

Um professor é investigado por importunação sexual, após enviar a um aluno de 16 anos um vídeo se masturbando. O caso aconteceu na madrugada de domingo (9/06), em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Na segunda-feira (10/6), o profissional, afastado da unidade de educação, foi alvo de um mandado de busca segundo a Polícia Civil. O celular e o notebook dele foram apreendidos.

O professor teria enviado vídeos de visualização única para o garoto e mandado imagens em que aparece ejaculando, segundo o pai do Adolescente, Rodrigo Ramos.

A conversa entre o profissional e o aluno foi divulgada pelo pai do garoto nas redes sociais. Nas imagens, também é possível ver que o educador convida o aluno para um encontro.

O professor atuava na Escola Estadual Nereu Ramos e caso é investigado como importunação sexual pela Polícia Civil.

De acordo com o pai do garoto, o educador estava admitido em Caráter Temporário (ACT) e era responsável pelas disciplinas de Inglês e Português, embora não desse aula para a vítima.

Segundo a delegada Viviane Mattos, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), o suspeito ainda não foi interrogado.



“O inquérito segue em andamento, para oitivas de eventuais testemunhas, interrogatório do suspeito e aguardaremos também o laudo”, disse.
A unidade de educação, afirmou em nota no domingo (9/06), que o profissional foi afastado da escola.

Uma denúncia sobre o crime foi enviada para a 17º Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *