DestaquePolítica

Omar defende que só mulheres votem em plebiscito sobre o aborto: “O corpo é delas e a gente tem que respeitar”

O senador Omar Aziz (PSD-AM) defendeu a necessidade de um debate amplo sobre o aborto no Brasil, destacando a importância da participação ativa das mulheres nessa discussão. Em entrevista à TV Meio Norte, afiliada à Rede Onda Digital, Aziz enfatizou que a decisão sobre o aborto deve ser predominantemente feminina, dado que são as mulheres que enfrentam as principais consequências físicas e mentais decorrentes do procedimento.

O senador Aziz afirmou que a sociedade precisa se envolver mais no debate sobre o aborto. Segundo ele, não se trata apenas de uma questão de opinião de diferentes segmentos, mas sim de um tema de saúde pública que afeta diretamente as mulheres.

“Eu acho que a sociedade tem que debater, se aprofundar bem no debate. Não é uma coisa que um segmento queira, o outro não queira. Se trata de saúde pública, se trata das mulheres, principalmente quem tem que debater esse assunto em relação ao aborto são as mulheres. São elas que sofrem as consequências, tanto físicas como mentais. O homem não sofre esse tipo de consequência”, disse o senador.

Aziz criticou a interferência masculina no debate sobre o aborto, destacando que muitos homens opinam sobre algo que não os afeta diretamente. Ele sugeriu que, se houvesse um plebiscito para discutir a questão, apenas mulheres deveriam votar.

“Então tem muito homem se metendo a discutir o que é bom ou não pra mulher. Quem tem que saber, e eu sou a favor, que se tiver que haver um plebiscito pra discutir o aborto, só vote mulher. Porque o homem não aborta. O que aborta é mulher. Então, essas são posições que você tem que deixar a sociedade discutir, mas principalmente as mulheres discutirem. O corpo é delas e a gente tem que respeitar elas”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *