DestaqueInternacional

Garota de programa é presa após transar com mais de 200 clientes mesmo sabendo que era portadora do vírus HIV

De acordo com a promotoria, a mulher teve contato com pelo menos 211 clientes de vários estados.

Linda Leccesse, uma garota de programa de 30 anos, de Ohio, nos Estados Unidos, foi presa sob suspeita de ter feito sexo com mais de 200 clientes, apesar de saber que era portadora do vírus HIV, e não ter revelado o fato aos parceiros. A informação é do site Extra.

De acordo com a promotoria, a mulher teve contato com pelo menos 211 clientes de vários estados, desde 1º de janeiro de 2022, época em que ela fez um teste de HIV e descobriu que era positiva para o vírus.

A mulher agendou programa com a maioria dos clientes na Market Street, em Marietta, uma pequena cidade no sudeste de Ohio, na divisa com a Virgínia Ocidental.

Não havia garantia de sexo protegido, e o Departamento de Saúde da região pede que qualquer pessoa que tenha tido contato com Linda Leccesse seja “brutalmente honesta” com as autoridades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *