DestaqueSaúde

Após pedido do governador Wilson Lima, calendário de vacinação contra influenza é alterado para novembro no Amazonas

Nesta sexta-feira (27/10), o estado recebeu do Ministério da Saúde 500 mil doses do imunizante

Fotos: FVS-RCP

A partir deste ano, a campanha de vacinação contra a influenza no Amazonas será realizada em novembro. A alteração do calendário é um pleito antigo do governador Wilson Lima, por conta da sazonalidade da região norte. Nesta sexta-feira (27/10), o estado recebeu do Ministério da Saúde 500 mil doses do imunizante, como parte da primeira remessa, de um total de 1, 5 milhão. As outras vacinas devem chegar em Manaus nos próximos dias.

Graças ao pleito de alteração do calendário, demanda de vários estados, a partir de agora, em toda região norte, a campanha passa a ser realizada em novembro e não mais no início do ano.

“Agradeço ao Ministério da Saúde que, atendendo a um pleito nosso, antecipou o envio de vacinas contra Influenza para o Amazonas. Hoje, recebemos a 1ª remessa e a campanha, que começava em abril, vai ser alterada para novembro, aqui no nosso estado, por conta do início do período chuvoso”, disse o governador Wilson Lima.

O armazenamento e a distribuição das doses são realizados pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado e Saúde do Amazonas (SES-AM).

Essa é mais uma oportunidade da população atualizar o esquema vacinal contra influenza. As vacinas estão armazenadas no Centro de Imunobiológicos do Amazonas na FVS-RCP e a retirada é realizada pelas Secretarias Municipais de Saúde (Semsa).

Anoar Samad, secretário da SES, falou sobre a importância da alteração da campanha para o mês de novembro.



“Mais uma entrega histórica para a saúde do Amazonas, feita pelo governador Wilson Lima. Uma articulação do governador desde o início da sua gestão para adiantar as doses de vacina contra a influência para novembro, porque nós sabemos que nosso maior número de casos é justamente de janeiro a março”, pontuou o secretário.

Para a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, é importante a população aproveitar a campanha para se imunizar contra a influenza, ainda mais que o mês de novembro representa o início do período de transmissão de vírus respiratórios.

” A melhor maneira de se fazer saúde é atuar na prevenção e não existe uma estratégia tão efetiva para a prevenção de doenças imunopreviníveis do que a vacina. Busquem nas unidades básicas de saúde sua atualização vacinal”, reforça a diretora Tatyana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *